SONHOS E ENCANTOS

SONHOS E ENCANTOS

terça-feira, maio 17, 2011

SER POETA

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!


É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!


É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!


E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!

9 comentários:

Helena Chiarello disse...

Florbela Espanca! Sou apaixonadaaa!
Esse soneto é lindo! Que bom lê-lo aqui!

E respondendo tua pergunta, minha amiga... Tá danada a coisa! rsss... Estamos numa trabalheira que só vendo! Tá faltando tempo pras postagens e poemas, mesmo andando sempre no meio dos livros.. rs

Mas sabe, Leninha... Disse uma vez (e até postei num site onde escrevia) uma frase que diz mais ou menos assim: "mesmo nem sempre sendo revelada pela palavra escrita, a poesia da vida segue acontecendo... Imensamente maior... E infinitamente mais bonita..."

Então, é isso... Tava falando com a Manuela outro dia sobre isso. O trabalho aqui tá roubando um pouco o tempo de escrever e postar, mas sempre dou uma escapadinha pra dar um chamego nas pessoas que gosto.. rs

Um beijo grandão e meu carinho sempre maior, querida amiga!

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Ser poeta é ter o Belo, como matéria prima.
Florbela Espanca, é sem comentário, por si só,
basta.
Boa noite, Leninha.
Beijos

Meu aconchego Zen disse...

Leninha, grata por esse lindo presente, me fez divagar por cores e lugar únicos.
Simplesmente lindo!
Um forte abraço
Bjus

SOL da Esteva disse...

Leninha

Florbela Espanca, a minha Musa, diz: "Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! (...)".

Eu, Amiga, inspirado nela, ou por Sentimento, queria apenas ser poeta.
Não pedia qualquer comparação...

Adoro toda a Obra da Florbela Espanca, como se fosse saída de mim.
Pena haja partido cedo, por vontade própria.

Beijo
SOL da Esteva

http://acordarsonhando.blogspot.com/

✿ chica disse...

Linda,Leninha.Escolheste muito bem e essa poesia é mais uma das lindas ! um beijo,tudo de bom,chica

Su disse...

Oi Leninha querida, amo a Florbela... sabe que demorei a conhecê-la, foi em 2004, mas lembro-me que adorei e logo comprei um livro dela que deixo bem pertinho de mim... vira e mexe estou lendo algo dela... Foi gostoso encontá-la aqui, quando vinha agradecer seu carinho... Sabe Leninha, eu que me comovi quando cheguei da escola ontem e vi o meu blog com tantos presentes de pessoas tão queridas e importantes pra mim... Escrevo faz tempo, mas guardo tudo, não me acho nada de especial ou diferente não... mas sempre encontrei na escrita um jeito de conversar, de desabafar... acho que virou uma companheira silenciosa que me escutava nos meus momentos de dor, amor, alegrias também... e assim foi... Beijos e um lindo dia pra você. Su.

SILVANA & LEILA disse...

Poesia ,,,,, que maravilha!!!
Adorei conhecer esse cantinho .
TAMBÉM FAÇO PARTE DAS BLOGUEIRAS UNIDAS .
Quando puder dê uma chegadinha lá no meu blog
http://srxlembrancinhas.blogspot.com
Estou te seguindo.
Bjokas

Lola disse...

Olá minha querida.
Tudo bem consigo?
Espero que sim.
Vi o seu comentário a perguntar-me pelas etiquetas.
Eu tirei as etiquetas deste site http://blog.worldlabel.com/2009/free-fillable-suzee-que-vintage-labels.html
imprimi em papel autocolante e coloquei nos frascos.
Espero que seja útil para você.
Se precisar de alguma coisa não hesite, sim?
Pode até mandar email.
Beijinhos grandessss
Lola
http://devaneiosdalola.blogspot.com/

juliana g. disse...

Linda escolha. Adoro os poemas dela. São maravilhosos e intensos =)
Beijos querida e bom início de final de semana pra vc!

Memórias de uma Senhorinha E nossa senhorinha usava a imaginação e a criatividade para suprir a falta do material suplementar para...

Postagens mais visitadas