SONHOS E ENCANTOS

SONHOS E ENCANTOS

segunda-feira, dezembro 17, 2012

MEMÓRIAS DE UMA SENHORINHA

  e vamos encontrar nossa menina vivendo os Anos 70 suas riquezas e vicissitudes, suas contradições e deslumbramentos.
                                                                         
 
Suas espectativas,seus sonhos, eram um espelho de suas leituras e de suas amizades...seu mundo era um mundo ingênuo e seus sonhos não pareciam ultrapassar as porteiras daquela fazenda...vivia sim, duas vidas, a da fazendeira inexperiente e canhestra e a da professorinha estudiosa e atenta aos acontecimentos nacionais  e internacionais...mas quando as férias chegavam, seu horizonte se transformava...e as porteiras não mais a continham.Queria ver os filmes, as peças teatrais e beber sofregamente as novidades de um mundo visto apenas nas revistas e no rádio...inseparável companhia nas noites insones.

 




Principais acontecimentos dos anos 70 


Esportes

21 de junho de 1970 - Brasil tri-campeão da Copa do Mundo de Futebol, realizada no México.
Em 1972, são realizados os Jogos Olímpicos de Munique (República Federal da Alemanha).
Em 1976, são realizados os Jogos Olímpicos de Montreal (Canadá).
Ciência e Tecnologia

15 de novembro de 1971 - A Intel lança o primeiro microprocessador do mundo, o Intel 4004.
Em janeiro de 1972 é lançado o Odyssey 100, primeiro videogame do mundo.
1975 - A missão espacial Viking I explora o planeta Marte.
A televisão em cores começa a se tornar popular no final dos anos 70. 
Guerras, Golpes Militares, Revoluções e Conflitos

11 de setembro de 1973 - golpe militar no Chile, liderado pelo general Augusto Pinochet, derruba o governo de Salvador Allende.
Com derrota dos Estados Unidos, termina a Guerra do Vietnã.
25 de abril de 1974 - Revolução dos Cravos em Portugal acaba com o regime militar no país.
Abril de 1975 - começa a Guerra Civil no Líbano.
Abril de 1979 - Revolução Iraniana. 
Política

15 de março de 1974 - O general Ernesto Geisel assume a presidência do Brasil.
9 de agosto de 1974 - Após o caso Watergate, Richard Nixon renuncia à presidência dos EUA.
15 de março de 1979 - o general João Baptista Figueiredo assume a presidência do Brasil.
Economia
 
1973 - Crise mundial do petróleo - OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) aumenta o preço do barril em mais de 300%.
1973 - Início do projeto do Eurotúnel e lançamento do primeiro Airbus.
Início da década de 1970 - Brasil vive a fase do "Milagre Econômico".
Música

Março de 1970 - Depois de muito sucesso, acaba a banda de rock Beatles.
16 de agosto de 1977 - Morre o rei do rock, Elvis Presley.
Bandas de sucesso da década de 1970:

- Internacionais: Deep Purple, Black Sabath, Rolling Stones, Led Zeppelin, Kiss, Aerosmith, AC/DC, Sex Pistols, The Clash, The Ramones, Bee Gees, Queen, Iron Maiden, The Police, Pink Floyd, 
Músicos que fizeram sucesso:
- Brasil: Gilberto Gil, Roberto Carlos, Caetano Velos, Elis Regina, João Gilberto, Gal Costa, Tom Jobim, Erasmo Carlos, Rita Lee, Chico Buarque, Clara Nunes, Jair Rodrigues, Jorge Ben Jor, Raul Seixas, Tim Maia, Vinicius de Moraes,
- Internacionais: David Bowie, Elton John, John Travolta, Donna Summer, Elvis Presley, Rod Stewart, John Lennon,  Bob Marley,

 
Televisão
 
Programas que fizeram sucesso: Nacionais (Chico City, Vila Sésamo, Sítio do Pica-Pau-Amarelo, A Grande Família) e Internacionais ( Hulk, Cyborg, As Panteras, Havai 5.0)
Desenhos que fizeram sucesso: Speed Racer, Pica-Pau, Pernalonga, Piu-Piu, Tom e Jerry, Gaguinho, Os Herculóides, Homem Pássaro, Popeye. 

 

 6 Décadas de Moda – Anos 1970

FONTE: MODASPOT.COM 


Um passeio pela história da moda nas páginas das revistas
MANEQUIM, CLAUDIA MODA, ELLE, ESTILO e CAPRICHO.


COM ELIANA SANCHES E REGINA VALLADARES
A modelo Lauren Hutton, em 1972.
A modelo Lauren Hutton, em 1972.
Os anos 1970 foram uma época de experiências – tanto existenciais como na moda. A mistura do masculino com o feminino mostrou uma mulher mais poderosa, mais ousada. A minissaia ficou micro e passou a dividir espaço com outras peças, entre elas o short e as saias de comprimento mídi e máxi. As estampas psicodélicas e as cores fortes aliadas a pantalonas, calças knickers usadas por dentro de botas e muito conjuntinho de tudo, até de short com sobretudo, faziam o visual meio hippie e totalmente rebelde daqueles anos loucos. Na esteira do sucesso de MANEQUIM, a Editora Abril lança CLAUDIA MODA, em 1971. Sob a batuta de Costanza Pascolato, a moda ganhou uma vitrine para exibir as novidades de um mercado em pleno crescimento.

Uma década trepidante


JOEL MAIA LUIS HUMBERTO SERGIO SADE LEMYR MARTINS

Foram anos agitadíssimos. Teve a euforia da vitória da Copa do Mundo, a truculência do governo Médici, as sandálias Havaianas – as únicas que não soltam as tiras nem têm cheiro, a geração do “desbunde”, os festivais de música popular que lançaram nomes como Chico Buarque, Caetano, Gil. Elis Regina cantando alto. O ratinho italiano, chamado Topo Gigio, fazia um programa na TV. E todo mundo cortou o cabelo igual ao de Tonia Carrero na novela Pigmaleão 70! Rolou rock, teatro besteirol, Raul Seixas, Secos&Molhados e, no final, todo mundo embarcou na onda disco com  a novela Dancing Days e as Frenéticas. Aconteceu tanta coisa que a década de 70 seria revisitada em todas as seguintes, deixando estampado em tudo seu colorido e sua disposição para o novo.

As capas da época

capa_set_72
moda-anos-70-manequim8
capa-claudia-moda-maio-1972
moda-anos-70-manequim6
capa-claudia-moda-agosto-1971
moda-anos-70-manequim7
capa-claudia-moda-abril-1971
moda-anos-70-manequim3
moda-anos-70-manequim5

 

capa_maio_74
capa_set_72
moda-anos-70-manequim8
capa-claudia-moda-maio-1972
moda-anos-70-manequim6
capa-claudia-moda-agosto-1971
moda-anos-70-manequim7
capa-claudia-moda-abril-1971
moda-anos-70-manequim3
moda-anos-70-manequim5
claudia-moda-outubro-1976
capa_maio_74
capa_set_72
moda-anos-70-manequim8
capa-claudia-moda-maio-1972
moda-anos-70-manequim6
capa-claudia-moda-agosto-1971
moda-anos-70-manequim7
capa-claudia-moda-abril-1971
moda-anos-70-manequim3
moda-anos-70-manequim5
capa_maio_74
capa_maio_74
capa_set_72
moda-anos-70-manequim8
capa-claudia-moda-maio-1972
moda-anos-70-manequim6
capa-claudia-moda-agosto-1971
moda-anos-70-manequim7
capa-claudia-moda-abril-1971
moda-anos-70-manequim3
moda-anos-70-manequim5
claudia-moda-outubro-1976
Outubro/1976
capa_maio_74
Maio/74
capa_set_72
Setembro/72
moda-anos-70-manequim8
Maio/1975 e Julho/1971
capa-claudia-moda-maio-1972
Maio/1972
moda-anos-70-manequim6
Outubro/1972 e Agosto/1974
capa-claudia-moda-agosto-1971
Agosto/1971
moda-anos-70-manequim7
Setembro/1975
capa-claudia-moda-abril-1971
Abril/1971
moda-anos-70-manequim3
Março/1973
moda-anos-70-manequim5
Janeiro/1974


Continue lendo...

claudia-moda-outubro-1976
capa_maio_74
capa_set_72
moda-anos-70-manequim8
capa-claudia-moda-maio-1972
moda-anos-70-manequim6
capa-claudia-moda-agosto-1971
moda-anos-70-manequim7
capa-claudia-moda-abril-1971
moda-anos-70-manequim3
moda-anos-70-manequim5
capa_maio_74

 E nossa senhorinha se rendia às " roupinhas" da época e á ditadura da mini saia... das túnicas hippies e das calças coladas ao corpo (sem strech). Muito magra, passeava por todos os estilos...suas calças jeans eram desbotadas e surradas e as amigas escreviam frases nas calças umas das outras...frases de um romantismo exacerbado,pois o romantismo daquela época era mais do que uma estética ou uma filosofia...era um modo de pensar, de sentir, de viver, de viajar, de ler e de cantar.

Romantismo este plenamente compartilhado com a irmã, com quem trocava intermináveis cartas...e era um prazer absurdo abrir um simples envelope, muitas vezes amassado e maltratado pela viagem...com aquela coisa do íntimo, dos sabores do espírito, dos risos e sorrisos fáceis, dos choros chorados, das confidências e confissões, da partilha e das novas descobertas...era a casa dos pais que chegava, inteira e intacta na magia daqueles envelopes. O laço de afeto que as unia, os quilômetros de Rio/ Bahia não conseguiam desatar, suas vidas ali estavam e brotavam como sementes lançadas em terras fecundas em plena primavera...

 E  com esta missiva, eu me vou...na semana que vem voltarei, amigos queridos.

                          Bjssssssssss

 

 

      As palavras do poeta martelavam em sua cabeça... sabia do cair e do levantar também... tantas vezes experimentara o caminho resva...

Postagens mais visitadas