SONHOS E ENCANTOS

SONHOS E ENCANTOS

segunda-feira, outubro 30, 2017

Memórias de uma senhorinha

                                                                   A casa da Baronesa

Ouvindo o canto das maritacas, nesta tarde embruscada de uma primavera fora de todos os padrões, me vem à memória os passeios em Dores de Campos , os amigos que lá deixei, a senhorinha na flor da idade e seus passeios com os amigos. Revendo um álbum de fotos encontrei-a , risonha e feliz usufruindo a sua primavera e a doçura daqueles momentos.
Primeira foto: Miriam,Drinha,nossa senhorinha e Beto
Segunda foto: a casa da baronesa
Terceira foto: Miriam, Beto ,nossa senhorinha e Drinha
Quarta foto: Beto faz da ponte a sua passarela
Quinta foto: Miriam, nossa senhorinha(em pé) e Caíque

E foi numa manhã também embruscada de primavera que nossa senhorinha preparou uma " matula" e saiu com os amigos para conhecer a casa da baronesa, uma ruína do que fora, outrora , uma suntuosa casa da nobreza mineira.Poucos sabiam a origem e quais teriam sido os habitantes desta casa que, imponente,
 se destacava na paisagem.Ali perto a velha e abandonada estação de trem , serviu-lhes de abrigo para saborearem a merenda, preparada com carinho. 
Nas fotos, a alegria de todos e a beleza do lugar.

.............................................................

Após a merenda foram explorar a casa ,cuja beleza se adivinhava naquelas ruínas...e , bastava fechar os olhos e imaginar aqueles salões repletos de pessoas elegantes dançando ao som de uma orquestra de sonhos.Quantas histórias devem ter se desenrolado naqueles aposentos,quantos risos e quantas lágrimas...crianças barulhentas correndo e brincando, com as suas alegres vozes a preencher os espaços e os ouvidos dos pais...
...e pisavam devagarinho, com medo de invadir as lembranças que, envoltas em ternura e magia,habitavam aquele recanto do passado.Quantas partidas e chegadas, quantas juras de amor, quantos nascimentos e quantas mortes aquelas paredes silenciosamente presenciaram...
............................................

A vida muda num instante, como tão lindamente descreveu a escritora americana Joan Didion, em seu livro autobiográfico O Ano do Pensamento Mágico:
“A vida se transforma rapidamente. A vida muda num instante. Você se senta para jantar e aquela vida que você conhecia acaba de repente.”
............................................
Um novo cenário havia sido construído e outras vozes preenchiam aqueles salões nos quais a vida fervilhara outrora.A melancolia parecia invadir os pensamentos dos amigos, enquanto terminavam a visita.Uma chuva primaveril deu o ar de sua graça transformando as cores e tornando brilhantes as belas vidraças que haviam, bravamente,resistido ao tempo.

Era hora de partir e deixar no passado a magia daqueles momentos.


Outros passeios virão...


Eu vou, porém voltarei...aguardem!



Leninha Brandão


domingo, outubro 22, 2017

Memórias de uma Senhorinha


E nossa senhorinha usava a imaginação e a criatividade para suprir a falta do material suplementar para usar aquela preciosa cartilha, fabricando letras de papelão( os cinco amiguinhos primeiramente) e inventando uma melodia para os versinhos que os acompanhavam:
Somos cinco amiguinhos
 que se querem muito bem
cada qual fala sozinho
não precisa de ninguém
a e i o u....
E as crianças adoravam e cantavam animadamente, felizes com esta nova forma de aprender em meio à música e à brincadeira.

......................................................................................................E a alegria preenchia aqueles momentos e retornava para ela que amava enxergar naqueles olhinhos a esperança e o futuro. Saía com eles para os bosques que circundavam a cidade, catavam folhas e sementes para compor murais com os "amiguinhos". Era uma festa a montagem destes murais. Após a montagem convidavam outros alunos e a escola toda visitava aquela sala "diferente" de uma professora "meio maluquinha" que ensinava brincando.
E a hora de histórias, a hora da música e o horário do relaxamento...ah, como era gostoso sentir a vibração daquelas mentes acordando para a magia das histórias de fadas...olhinhos brilhantes e concentração total. Pareciam anestesiados por suas palavras e esta era a maior e melhor recompensa para as noites mal dormidas em que planejava as suas aulas.


.......................................................................................................
E o sonho de nossa senhorinha se tornava realidade... no fim do ano nenhum aluno em recuperação...quem é professor sabe da alegria de se conseguir este feito. A brisa suave da montanha, o sabor de uma fruta madura, a doce cantiga dos pássaros na primavera são as sensações comparáveis a esta alegria. Seu coração se preenchia , ela se sentia plena e seus olhos retratavam esta vitória. 
E neste final de ano a supervisora da escola a escolheu para a missão árdua e espinhosa para muitos, mas que para ela seria o maior desafio em sua carreira: assumir a Classe Especial, experiência inovadora no Estado de Minas Gerais o que a levaria a novas buscas de conhecimento e à exploração de um caminho jamais percorrido por ela. Lembrem-se que não havia o Dr. Google naquela época.

Vamos deixar a nossa senhorinha dando" tratos à bola " , e colocando a imaginação a funcionar.

Eu vou, mas prometo voltar.

Leninha Brandão

Resultado de imagem para ensinar

sábado, outubro 07, 2017

Memórias  de uma senhorinha

“ Segue o teu destino, rega as tuas plantas, ama as tuas rosas. O resto é sombra de árvores alheias.”
Fernando Pessoa



Nossa senhorinha se pautava nestes sábios ensinamentos e seguia o seu destino, pisando delicadamente em organzas e linhos, calma e tranquila sem se preocupar com as sombras que porventura surgissem em seu caminho. Achava difícil fechar a porta, as raízes das lembranças eram profundas e o seu relicário guardava relíquias importantes e de intenso valor afetivo. Vivia cada dia e saboreava cada momento, sem jamais se esquecer do passado. As brincadeiras com os filhos, a ternura dos contos de fadas e das melodias de ninar, estavam ali, como personagens de uma história por demais importante para ser relegada ao esquecimento.


.................................................



Mergulhou em seus planos de aula ( Já sem prática. Quem dera existissem os recursos de hoje)...


  
Sua primeira turma foi de 1ª Série . Doces e meigas crianças, ávidas por novidades, apaixonaram-se pela professora nova, forasteira na cidade onde todos se conheciam. A professora que sempre ficara com a "melhor sala" de 1ª série estava de licença e por este motivo ela foi agraciada com esta turma. Amou os novos alunos e adotou um livro que encontrou na biblioteca da escola. A Casinha Feliz, nome do livro.O Método :Fônico.

Alfabetização pelo método Fônico - A Casinha Feliz

"Quando se fala sobre alfabetização, sempre surge a discussão sobre o melhor método. Os argumentos, na teoria, parecem fazer sentido...com boa argumentação, é possível convencer qualquer pessoa que não entenda do assunto sobre a superioridade de um ou outro método (é o que fazem as escolas). No entanto, toda a pesquisa científica sobre alfabetização nos últimos 80 anos, realizadas em várias populações, mostrou claramente a superioridade do método fônico. E é por isso que o governo de países que são destaque em alfabetização recomendam o método. Não vou discutir as razões políticas/ideológicas para que o mesmo não seja adotado no Brasil. Minha intenção é apenas divulgar essa informação e, ao mesmo tempo, apresentar a vocês um material que considero fantástico para a aplicação do método."

E este material fantástico foi o que nossa senhorinha encontrou, vasculhando a biblioteca da escola, ainda embalado em pacotes, muitos pacotes.









 Vamos deixar nossa senhorinha às voltas com estes pacotes de livros e em sua busca por métodos mais modernos e instigadores. Ela gosta de assumir riscos e enfrentar desafios, lembram-se?
........................................................................................

Eu vou, porém voltarei... aguardem!!!


Leninha  Brandão

   
[

Memórias de uma Senhorinha Abrindo o baú E nossa Senhorinha, tendo já resolvido os problemas dos alunos, poderia tranquilamente so...

Postagens mais visitadas