SONHOS E ENCANTOS

SONHOS E ENCANTOS

sexta-feira, maio 27, 2011

GOSTO DE GAROTOS

Houve uma época,em minha vida que foi muito marcada por um livro e dele fiz meu livro de cabeceira, não me cansando nunca de ler as belas mensagens ali escritas.O livro em questão se chamava Poemas para Rezar e seu autor Michel Quoist.Em um trecho,ele fala de meninos,mais especificamente de Deus falando sobre meninos.Ei-lo:                           


    



"Gosto dos garotos, diz Deus. Quero ver toda a gente parecer-se com eles.
Não gosto dos velhos, diz Deus, a não ser que ainda sejam garotos.
Por isso no meu Reino Eu só quero garotos, desde sempre está decretado.
Garotos curvados, garotos corcundas, garotos com rugas, garotos de barbas brancas, toda a espécie de garotos que quiserem, mas garotos, só garotos.
Não se volta atrás, está decidido: para os outros não há lugar.
Gosto dos garotinhos, diz Deus, porque neles a minha imagem ainda não se embaciou.
Não falsearam a minha semelhança, são novos, são puros, sem rasuras, sem marcas de uso.
Assim, quando suavemente sobre eles me debruço, neles me reencontro.
Gosto dos garotos, porque estão ainda a crescer, ainda estão a subir.
Estão a caminho, caminhando.
Mas a gente grande, diz Deus, já não tem ponta por onde se lhe pegue.
Não mais crescerá, não mais subirá.
Parou.

É um desastre, diz Deus, agente grande, sempre a julgar que já chegou ao fim.

Gosto dos garotos grandes, porque ainda estão a lutar, porque ainda fazem pecados.
Não é por os fazerem, diz Deus, entendamo-nos, mas porque sabem que os fazem, e o dizem, e fazem por não fazê-los mais.
Mas a gente grande, diz Deus, não gosto dela, nunca faz mal a ninguém, não acha nada a reprovar em si mesma.
Nada lhes posso perdoar, nada têm para ser perdoado.
É de cortar o coração, diz Deus. É doloroso, pois nada disto é verdade.

Mas sobretudo, diz Deus, ah! Sobretudo gosto dos garotos por causa do olhar que eles têm. É no olhar que leio a idade deles.
No meu céu só haverá olhares de cinco anos, pois não conheço nada de mais belo que um olhar puro de garoto.

2 comentários:

Su disse...

Leninha Querida, voltei pra tomar um cházinho... Menina que frio é esse?! rs...

Lindo esse trecho do livro que você mencionou, não conheço, vou pesquisar no google, achei tão lindo, tão suave, vou ler pro meu filho quando ele voltar do futebol hoje... meu Rafa tem esses olhos... é assim, como no seu texto que vejo o olhar dele... lindo e emocionante...

Amiga, esse blog tá meio estranho, coisas somem, não consigo postar... tomara que resolvam logo tudo por lá no blogger...

Beijos e um sábado de alegrias! Su.

Silvia Ordonhes disse...

Lindo texto Leninha!!!
Amar...apoiar...confiar...confraternizar
Amai vós uns aos outros...risos,
expressão de carinho!!!
Ótima tarde,noite amiga querida...
bjs no core!!!
Paz e Luz para humanidade...

Memórias de uma Senhorinha

Memórias de uma Senhorinha E o tempo , este senhor Implacável e do qual não podemos fugir, anunciava o final das férias e o temido moment...

Postagens mais visitadas