SONHOS E ENCANTOS

SONHOS E ENCANTOS

terça-feira, agosto 30, 2011

TEMPO MÁGICO ___ RUBEM ALVES



Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui para frente do que já vivi até agora. Sinto-me como aquela menina que ganhou uma bacia de jabuticabas. As primeiras, ela chupou displicente, mas percebendo que faltam poucas, rói o caroço.

Já não tenho tempo para lidar com mediocridades. Não quero estar em reuniões onde desfilam egos inflados. Não tolero gabolices. Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte.

Já não tenho tempo para projetos megalomaníacos. Não participarei de conferências que estabelecem prazos fixos para reverter a miséria do mundo. Não quero que me convidem para eventos de um fim de semana com a proposta de abalar o milênio.

Já não tenho tempo para reuniões intermináveis para discutir estatutos, normas, procedimentos e regimentos internos. Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas, que apesar da idade cronológica, são imaturos.

Não quero ver os ponteiros do relógio avançando em reuniões de "confrontação", onde "tiramos fatos a limpo". Detesto fazer acareação de desafetos que brigaram pelo majestoso cargo de secretário geral do coral.

Lembrei-me agora de Mário de Andrade que afirmou: "as pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos". Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero a essência, minha alma tem pressa...

Sem muitas jabuticabas na bacia, quero viver ao lado de gente humana, muito humana; que sabe rir de seus tropeços, não se encanta com triunfos, não se considera eleita antes da hora, não foge de sua mortalidade, defende a dignidade dos marginalizados, e deseja tão somente andar ao lado de Deus.

Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade, desfrutar desse amor absolutamente sem fraudes, nunca será perda de tempo. O essencial faz a vida valer a pena

5 comentários:

Sotnas disse...

Olá Leninha, que tudo permaneça sempre bem contigo!

Belo, sábio e reflexivo texto, com palavras que expressam as mais puras verdades, que poucos humanos se dão ao prazer de vivê-las, preocupadas que estão com respectivos e deveras inchados egos!

Parabéns pela bela postagem e pelo belo espaço também de belos escritos estampados. E eu agradecido por demais venho por cá desejar a você e todos ao redor um intenso e feliz viver, grato por tuas visitas e comentários sempre tão gentis. Grande abraço e, até mais!

Calu disse...

Leninha,
sou fãzoca de carteirinha do Rubem. Me encanto desde muito com seus escritos e reflexões e com esta tua postagem não é diferente.A sabedoria que emana das linhas nos toca a alma e promove conhecimento.
Acho que hoje estamos sintonizadas, pois, tbém postei sobre o tempo lá no Fractais.
Muito bjos,
Calu

Su disse...

bom dia minha amiga querida, pronto...cheguei para o nosso cházinho e nosso bolinho de chuva... pra combinar com a chuvinha daqui...rs... Minha amiga, ler Rubem Alves é um mergulho na vida, vida real, vida sentida, vida que faz o coração pulsar com força, com garra e com vontade de viver... Esse texto é sábio, belo e perfeito...
Vamos chamar então as amigas, que venham todas aqui pra esse seu jardim que eu gosto tanto... e que me faz tão bem, assim... logo cedinho...

Um beijo minha linda e um dia abençoado pra ti também...

Ah... que bom que gostou das minhas "artes", hehehe estou adorando essas corta e recorta e cola e costura...rs

Fica com Deus.

Su.

Glória Maria - Fadinha disse...

Leninha querida, foi tão bom te conhecer, agradeço seu carinho e amizade. Vim te desejar um Feliz Dia do Blog. Muitas alegrias e bençãos. Fique com meu afeto e amizade. Bjs

Élys disse...

Um texto muito bom. Você estava muito inspirada quando o escolheu para postar.
Beijos.

Memórias  de uma senhorinha “ Segue o teu destino, rega as tuas plantas, ama as tuas rosas. O resto é sombra de árvores alheias.” Fer...

Postagens mais visitadas