SONHOS E ENCANTOS

SONHOS E ENCANTOS

quinta-feira, janeiro 16, 2020

RELEMBRANDO

     MINHAS MEMÓRIAS DE MENINA

Primeiros sonhos de criança

  
   Menina ainda,com cachinhos  nos cabelos,passeava com o avô/padrinho,nas ruas de Manhumirim/ MG, e seu sonho era viver alí,a vida inteira,com a vovó gordinha e suave,que transmitia a ela uma ternura imensa,um aconchego bom e doce, um colo macio e uma voz que ecoa até hoje em seus sonhos...e  que,com o avô, era seu porto seguro e sua direção,seu norte e sua bússola,sua certeza e seu infinito...mas o tempo,a vida,o destino,fizeram com que o seu rumo mudasse e para bem longe o trem da vida a levasse.Da segurança de sua cidade natal,foi brutalmente arrancada...palavra forte,mas foi assim o sentir da menina de cachos...viu-se em um trem,com os pais,a irmãzinha ainda bebê e a avó materna...e a cada parada  sentia a  esperança de retornar...o pai,único elo com a família amada,descia do trem para "esticar as pernas"e ela se desesperava,chorava,GRITAVA,achando que o movimento de manobras iria deixá-lo,para sempre,naquela estação...e ninguém entendia o seu desespero e a mandavam parar de chorar,afinal já era uma menina de cinco anos e sua irmãzinha,que era um bebê,não chorava.
          Várias estações havia,de Manhumirim a Pouso Alegre,sul de Minas,sonho de sua mãe,para se afastar bastante da família do marido...a recordação maior era de Espera Feliz,nome lindo que soava como música aos seus ouvidos...e várias outras se confundiam em sua cabecinha e em seus olhinhos embaçados...
POUSO ALEGRE/MG




        Chegaram ao destino e a menina se espantava com o tamanho da cidade e o sotaque das pessoas(teria que aprender a falar daquela maneira cantada  e bonita)...os primeiros dias,em um hotel,a deixaram deslumbrada...estava acostumada a ficar em hotel com os avós,no Rio de Janeiro,mas aquele hotel era diferente,podia ir sózinha até a rua e ninguém reclamava.A cidade era bonita,com muito movimento e muitas lojas(havia até livrarias!!!,ganhou lá o seu primeiro livro,a história de Cristovão Colombo). 
 Estava começando uma história de amor com aquela cidade...
Podia ir até o Banco onde o pai trabalhava
e podia até comprar chocolates...coisa que não havia em sua terra natal...sentia saudades da meiga vózinha,mas estava descobrindo outros horizontes...o tempo se encarregava de diminuir a sua dor.
         E,este mesmo tempo,correu rápido e vamos encontrá-la,de tranças longas,em frente ao Colégio (INSTITUTO STA DOROTÉIA),seu primeiro colégio,sua vivência com seus primeiros livros e sua imensa vontade de aprender e  de  trilhar novos caminhos em sua vida...





Espero que tenham gostado de relembrar...
   Farei uma pausa e na próxima semana retomarei as Memórias de uma Senhorinha.


4 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Boa noite de paz, querida amiga Leninha!
Conheço acidade mineira. O ES tem muita ligação com MG.
Aqui estamos.nos com eles enfeitando nosso verão.
Gostei muito da imagem do trwm mineiro famoso.
Tive a oportunidade de andar num em Passa Quatro.
Tenha dias abençoados e felizes!
Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem


chica disse...

Mesmo em férias, vim te ver e mais uma vez, gostei imenso! bjs praianos,chica

Dalva Rodrigues disse...

Foi ótimo relembrar Leninha, adorei as primeiras grandes aventuras da menininha de cabelos cacheados...senti perfeitamente o medo da mudança, afinal era tão novinha para entender exatamente as mudanças a caminho...
Boas férias, aproveite muito, abração!

manuela barroso disse...

Tão bom recordar contigo , minha querida Leninha , esse teu tempo que gravaste também em mim
. A forma como falas de teus queridos avós , a ternura com que sempre te mimaram , é uma especie de nostalgia que se alia à viagem desse trem que te ia levando a ti e a teus sonhos .
Mas , a viagem da vida tem também os seus encantos nas suas paragens . E decidida , vendo sempre o lado mais poético, consegues vivenciar e aprazeres - te com novos horizontes o que é admirável em ti .
É sempre com muita saudade que venho a este teu cantinho , recordando o tempo em que apesar dos primeiros passos na nossa imensa amizade , já via em ti aquela amigairmã que hoje faz parte do meu mundo de afectos .
Obrigada, meu anjo por este pedacinho de “ ausência “ !
Um grande beijinho!

DE POUSO ALEGRE A PONTE NOVA " Novamente volto no tempo. Espero que estejam apreciando... Outra viagem.. preparativos,...

Postagens mais visitadas