SONHOS E ENCANTOS

SONHOS E ENCANTOS

segunda-feira, maio 28, 2012

Minhas memórias de menina

Minhas memórias de menina
Uma borboleta,presa às paginas de um livro,o livro da sua vida...era como se sentia a nossa menina,nesta fase meio menina,meio mulher,quando se abandonam os brinquedos e as brincadeiras,mas o medo do desconhecido começa a surgir...

e="font-size: large;">

As amigas já começam a fazer os enxovais,as conversas já tomam outros rumos...
onde ficou a infância,os folguedos,o não pensar em coisas sérias,a feliz inconsequência?E a melodia que mais escutava as lembrava de uma nova realidade:

Menina Moça
Tito Madi
Você botão de rosa
Amanhã já flor mulher
Jóia preciosa cada um deseja e quer
De manhã banhada ao sol
Vem o mar beijar
Lua enciumada noite alta vai olhar
Você menina moça
Mais menina que mulher
Confissões não ouça
Abra os olhos se puder
Tudo tem seu tempo certo
Tempo para amar
Coração aberto faz chorar
A lua, o sol, a praia, o mar
Missão de Deus
A vida eterna para amar

A vida corria lá fora e os anos dourados fervilhavam:

Os anos 50 foram marcados por grandes avanços científicos, tecnológicos e mudanças culturais e comportamentais. Foi a década em que começaram as transmissões de televisão, provocando uma grande mudança nos meios de comunicação. No campo da política internacional, os conflitos entre os blocos capitalista e socialista (Guerra Fria) ganhavam cada vez mais força. A década de 1950 é conhecida como o período dos "anos dourados".
Principais acontecimentos dos Anos 50
Esportes
Realização da Copa do Mundo de Futebol no Brasil, em 1950. O Uruguai sagrou-se campeão após vencer a seleção brasileira, em pleno Maracanã, pelo placar de 2 a 1.
A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) organiza o primeiro Campeonato Mundial de Formula 1, em 1950.
Em fevereiro de1951, começam os primeiros Jogos Pan-Americanos. O evento esportivo ocorre na Argentina.
Realização das Olimpíadas de Helsinque na Finlândia (1952).
A Alemanha torna-se campeã da Copa do Mundo de Futebol na Suíça (1954).
Juan Manuel Fangio torna-se bicampeão mundial de Formula 1.
Em 29 de junho de 1958, o Brasil torna-se, pela primeira vez na história, campeão da Copa do Mundo de Futebol. O evento ocorreu na Suécia.
Ciência e Tecnologia
Em 1957, o Sputinik II coloca em orbita da Terra o primeiro ser vivo, a cadela Laika.
Comunicações
A TV Tupi, inaugurada em setembro de 1950, é o primeiro canal de televisão da América Latina.
Lançamento do primeiro satélite, o Sputinik I (1957).
Guerras e Conflitos
Começa a Guerra da Coréia em 25 de junho de 1950. A guerra termina em 27 de julho de 1953.
Em plena Guerra Fria é assinado, em 1955, o Pacto de Varsóvia (tratado de defesa militar que envolvia os países socialistas do leste europeu, comandados pela União Soviética).
Em 1959, ocorre a Revolução Cubana. O líder da revolução, Fidel Castro, torna-se presidente de Cuba.
Começa, em 1959, a Guerra do Vietnã.
Cultura e Arte
No dia 20 de outubro de 1951, é inaugurada a I Bienal Internacional de Arte de São Paulo.
Política
Em 6 de fevereiro de 1952, Elizabeth II torna-se rainha da Inglaterra.
Em 24 de agosto de 1954, ocorre o suicídio do presidente do Brasil Getúlio Vargas.
Em 16 de setembro de 1955, um golpe militar na Argentina tira do poder o presidente Juan Perón.
Em outubro de 1955, Juscelino Kubitschek (JK) é eleito presidente do Brasil.
Economia
Criação da empresa estatal Petrobrás, em 1953.
Assinado o Tratado de Roma, em 1957, estabelecendo a Comunidade Econômica Européia (CEE).
Música
Com muito rock e um estilo dançante, Elvis Presley começa a fazer sucesso em 1956.
A estilo musical brasileiro Bossa Nova começa a fazer sucesso. Os maiores representantes deste movimento foram: Tom Jobim, Vinícius de Morais e João Gilberto.
No final da década de 1950, é formada a banda de rock Beatles.

E nossa menina-moça cursava o Normal ,aprendia a ser uma professora,profissão de grande importância na época.Não era o seu maior sonho,mas na cidade só havia dois cursos,o Normal e o de Contabilidade.Como o pai era professor na Escola de Comércio do Colégio São Paulo,estava fora de cogitações o referido curso...era muito rebelde e o pai não desejava perder a autoridade perante os alunos.Sem outra alternativa,matriculou-se no curso Normal e continuou em seu Colégio Santa Marcelina.
Havia compensações:as mesmas amigas,as freiras habituais,o Curso de Pintura com a amada Ir.Julieta e as brincadeiras após as aulas.

Nas aulas de trabalhos manuais,aprendia-se a bordar e as amigas começavam a preparar os enxovais...Peças e peças surgiam e todos admiravam...lembra-se do "sem jeito mandou lembrança",mote usado por todos de sua casa quando tentava fazer algo mais delicado ou se atrevia a tentar alguma receita...e não consegue passar de um avental,com ponto richelieu na barra...
Já nas aulas de pintura se destacava e pintou ruínas,céus de todos os tipos,amanheceres e crepúsculos,rosas,orquídeas e violetas...sua paixão pela natureza a conduzia e seus quadros se multiplicavam.
A professora predileta era a de português e com ela mergulhava nos livros,na enorme biblioteca do colégio.

Como dizia Angel Vianna,"gente é como nuvem,sempre se transformando",a nossa menina passa por nova transformação:começa a namorar "sério"...aos dezesseis anos,quando deveria estar às voltas com as amigas,delas se afasta e passa a sair só com o namorado que vai buscá-la em casa e levá-la,não passando ainda do portão.Deixa de sair nas férias com os pais,ficando em casa com a avó,guardiã de sua inocência.Começa a frequentar a casa do futuro sogro e a discutir com as cunhadas questões de enxoval,de prendas domésticas e criação de filhos...uma criança no meio de pessoas adultas e procedendo como tal,ou, pelo menos, tentando.E baús são abertos,preciosidades em linho,cambraia,seda e bordados de todo tipo desfilam perante seus olhos acostumados a uma vida simples e pacata.

E nossa menina vivia um sonho...teria um final feliz? Aguardem e na próxima semana saberão................. Bjssssssss

34 comentários:

✿ chica disse...

AH! Acabou assim de repente! Estava adorando!! Me identificando com o curso Normal, com as aulas de bordados( nunca suportei!0 e com a expressão:sem jeito mandou lembranças,rsrs.


Muito legal te ler!! beijos,tudo de bom,chica

Leninha disse...

Fui obrigada a encerrar de repente pelo Sr Blogger que relatou um erro e não permitiu que eu continuasse.Obrigada,amiga Chica e quem mais vier.Desculpem a falha.
Bjsssssss,
Leninha

Majoli disse...

Leninha querida, desculpe a ausência, mas cá estou e digo como a Chica, acabou???
Ahhhhhh, queria mais.
Gosto de te ler, fico visualizando tudinhoooooo.
Mas o blogger apronta com a gente de vez em quando mesmo, eu quem o diga.
Beijos com muito carinho.

manuela barroso disse...

Olha que o bogger fez com que o "suspense" nos voltasse a restituir o fôlego...Tão certinho tudo e de repente...zás!Tira-se o tapete!
Oh Leninha, agora a sério: quanto tempo para teres todos estes elementos para situares as tuas mudanças? Gostei daquelas rendas cheirando a mãos de menina, os bordados nos naperons onde se lêm ainda projetos, tudo se completa na perfeição na tua maravilhosa história! Eu vou, mas volto também.
Um grande abraço minha doce amiga

Moro em um Kinder Ovo disse...

Parrou no meio do maior suspense. Fico aguardando mais histórias.

Marly Bastos disse...

Rsrsrsrs bem na hora do "bem bom" você deixou a gente no vácuo.
Suas memórias são encantadoras e muitas coisa eu vivi.
beijokas doces e uma boa semana.

lis disse...

Muito boa as lembranças Leninha e os enxovais hoje as meninas nem sabe o que vem a ser,nao é?
Ficamos aguardando mais coisinhas dessa menina-moça
com beijinhos meus ok?

Kunti/Elza Ghetti Zerbatto disse...

Lindas recordações e trabalhos manuais Leninha.
Uma ótima semana para ti.
abração com carinho

Mônica disse...

Leninha
Que bacana esta o blog. Todo arrumado! O meu é o de sempre, mas esta bom pra mim.
Eu gostei de conhecer a decada de 50 mais de perto. Nasci em 1958 no dia 6 de novembro.
Estudei em colegio d e freiras mas nao aprendi nada de artesanto, apesar de termos aulas. Eu comprava pronto no final de tao s sem jeito que era. Ou entao fiquei dois anos bordando a mesma coisa.
Agora que preciso aprender nao consigo, mas tudo bem, passou passou.
Eu leio e pronto!
com carinho Monica

R. R. Barcellos disse...

Mais um belo capítulo de uma autobiografia que promete ser deliciosa. Abraços, menininha...

Anne Lieri disse...

Leninha,que suspense,amiga!Muito interessante como vc coloca os fatos marcantes da época em paralelo com a sua história!Lindos os trabalhinhos do enxoval e tantos sonhos bonitos!Bjs e boa semana!

JAN disse...

Olá Leninha!
Sua história é parecida com a minha... os acontecimentos mundiais... a escola normas... o bau de enxoval... o sonho...
Estou curiosa pra saber o final;-)

Abração
Jan

Calu disse...

Quantas novidades invadiram o dia da menina sonhadora.Os fervilhantes anos 50 mudando a cara do mundo e servindo de cenário para mudanças na vida das moças casadoiras.
Um passeio bem bordado pela década de 50.Gostei demais.
Bjkas,
Calu

Ivani disse...

"sem jeito mandou lembranças" para mim também! nunca consegui fazer um trabalho bem feito. Que lindas essas toalhas que voce postou no fim! Maravilhosas, quem fez?
Os anos 50 e 60 foram mesmo muito ricos e morro de saudade.
Principalmente da música e do cinema.
Fiz o curso da escola de Comercio para poder arrumar emprêgo. Só que não gostava de contabilidade e então optei por secretariado. Foi bom, mas depois voltei para o colégio para fazer o clássico.
Lembra? era classico ou cientifico?
Ou normal!
Ai Leninha que delicia seu texto, que saudade me deu.
Vamos lá mulher, conta logo o resto!
Beijos querida, boa noite para voce.

Veronica Kraemer disse...

Eu queria mais, Leninha querida! A gente começa a ler e não quer mais parar!
Você escreve divinamente bem, te admiro demais!
Bjossssssssssss e tudo de bom pra ti!
Fique com Deus
Vero

Severa Cabral(escritora) disse...

TRAGO A BRISA DA NOITE PARA REFRESCAR ESSA EX MENINA MOÇA...
MUITO LINDA ESSA HISTÓRIA DE VIDA...EU TBM FUI DESSA ERA E TENHO MUITAS CENAS VIVIDAS ASSIM COMO VC DESCREVEU...E O BOM SEI QUE VAI SER O PRÓXIMO CAPITULO DESSA VIDA REAL...
BJS COM SABOR DA MAGRUGADA!!!!!

Mari Rehermann disse...

Fico no aguardo de mais...lindo post!!! Parabéns, querida Leninha!!

Muita luz e paz!!
Beijos!♥

Fats Arteira disse...

Olá Leninha,
Seu blog é pura poesia....um encanto...amei tudo...fiquei apaixonada pelos seus bordados...
já sou sua seguidora...
bjs
Fatima
fats-arteira.blogspot.com.br

ValeriaC disse...

Ahhhh... mas sempre fica com gostinho de quero mais, estas suas memórias minha querida, beijinhos,
Valéria

Renata Guidinha disse...

Muito bem Leninha, bem no meio do enxoval a Sra para? Faltou linha ? Esse enredo mineiro está me deixando com gostinho de quero mais...
Amei a citação de Tito Madi na postagem e a aula de história. deliciosa localização no tempo.
Fui lá pendurei roupa, coloquei mais pra lavar, atendi telefone, campainha, preparei um chá e corri pra ler a postagem... O chá ainda não acabou assim como a vontade de continuar lendo. E aí?
Vou ficar aqui sentada esperando, ok?
Bjks curiosas

SOL da Esteva disse...

É incomum ser repetitivo, mas continuo, mesmo com os "cortes da fita" (que tanto nos arreliava no cinema desses tempos) a clamar que os teus relatos são dignos de uma Edição especial... em Livro.
Isto promete!

Beijos

SOL

Ilca Santos disse...

Leninha querida,
Passando para te deixar meu carinho e desejar que seu final de semana seja maravilhoso, repleto de paz e amor!
Sabe amiga, a querida Luconi já está incluída nas minhas orações faz algum tempo, pois acompanho sua trajetória, sei do momento difícil que ela está passando. Com certeza ela estará recebendo as boas vibrações de todos.
Belo gesto o seu, como sempre.
Também para mim os dias não têm sido fáceis, fez dois anos que a minha Thais partiu no 30 de maio. Fiz um post especial em sua homenagem.
Um beijo em seu lindo coração.

silvioafonso disse...

.



Muitas das minhas férias tive-
ram a fazenda como pano de
fundo, mas nunca me ocorreu
nada parecido com o que diz o
texto, felizmente.
Talvez até algumas pessoas
pensem que o texto de hoje,
"Quando o palhaço chorou",
se refira a uma passagem da
minha vida. Eu não me atreve-
ria a negar, mas afirmar não
tenho coragem.

Um beijo,

Palhaço Poeta






.

Maria Luiza disse...

Leninha, que deliciuraaaaa!!! Li de um sôfrego só, acredite e como está bem narrado! Comecei cantando a música da menina moça, tão gostozinha. E me emocionei com os bordados, curso normal, Elvis. Que tempo bom! Parabéns, querida! muito bacana tudo aqui! Grande abraço!

Evanir disse...

A saudade,
é um sentimento que
com o tempo traz tristeza,
que com a alma traz esperança,
e que se apoia na amizade.
*Verônica Januário Luz*.
Eu me apoio na sua amizade para
continuar seguindo minha história .
Sua visita e seu carinho me ajuda
a transpor barreiras nesse momemto .
Deus sempre é mais forte que a angústia.
E ele esta sempre presente na minha vida
continuarei levando minhas visitas
da forma que me for possivel
de estar sempre presente .
Não devo e nem posso me isolar das
minhas amizades por ñ estar conseguindo teclar.
Pode haver muitos Amigos em nossas vidas, mais amizades verdadeiras
para mim é para sempre.
Por isso falar sobre problemas , meus sentimentos,
não da soluções para todos os problemas da minha vida, dúvidas ou medos,
mas me ajuda a viver mais feliz.
Agradeço de todo coração pela sua amizade
e seu carinho.
Estou triste por não ser compriendida
por levar cola nas minhas visitas.
Na próxima semana vou fazer uma postagem.
Não tenho duvidas ,que a pessoa que me aborrece tanto
vai sentir vergonha de si mesmo.
Foi esse o motivo do meu afastamento por uma semana
receber mais insultos .
A falta de instrução e educação infelizmente
não tem limites.
Não fique triste comigo por desabafar
ao fazer isso é porque tenho certeza da sua amizade e carinho por mim.
Desesejo um abençoado Final de Semana
paz e luz.
Beijos com saudades.
Evanir..
Preciso enviar um email urgente para você.
Dar noticias da Luconi.
Hoje a noite te envio Sim?

ELAINE disse...

São tantas lembranças! É toda uma vida!.... Parabéns por tantas recordações lindas! Adorei a foto do perfil! Grande e carinhoso abraço!
Um sábado abençoado!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Gaivotadourada22 disse...

Querida Amiga Leninha!!!

Uma delicia te ler... Você tem a sabedoria de nos levar em linda viagem, viagem na qual perfazemos novamente (dentro do coração) os caminhos andados, vivenciados e que que resultaram no que somos hoje...
Senti minha inserção em teu roteiro precisamente em maio de 1951, chego ao planetinha com tempo de assistir a inauguração da I Bienal Internacional de Arte de São Paulo!!!! Rsrsrsrs... Depois o Rock e Baladas de Elvis Presley, os belos poemas e letras do movimento Bossa Nova, e no final dessa década maravilhosa, os Beatles!!!
Uma viagem maravilhosa por paisagens que até hoje estão presentes em nós!!!
Como falei no início, uma delícia te ler, você é uma roteirista de mão e coração cheios!!!

Um beijo grandão e muito obrigada pela amizade e carinho com que sempre me visita!!!!

mfc disse...

Passamos parte da vida a querer crescer... e outra parte a pedir para que o tempo não corra tanto!!

São lindas estas memórias, Leninha!
Beijos,

Amapola disse...

Boa noite, querida amiga Leninha.

Não sei se perdi algum capítulo, mas, e o lindo de olhos azuis...

Continuo ansiosa.

Beijos.

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Adoro histórias com gostinho de quero mais...
Fui passear em seu Blogs mais para trás e ler e ler...
E as rendas e bordados poderiam existir nas escolas de hoje, na da minha filha por exemplo que tem aula de caratê para as meninas...e onde ficam as feminices!!!
Te desejo muitas rendas, saúde e amores...
Bjs e um ótimo domingo com boas energias...
CamomilaRosa

ELAINE disse...

Leninha querida! Com certeza mais recordações lindamente inspiradas vão brotar deste coração generoso e cheio de amor! Um abençoado início de semana!
Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Élys disse...

O tempo passa, vai construindo histórias e deixando saudades.
Tenha uma bela semana. Beijos.

Dalva Rodrigues disse...

Que legal sua postagem....
Ah...como era bom o nosso tempo...E como ainda é bom o nosso tempo!!

Anabela Jardim disse...

Que bela postagem. Nostalgia é muito bom.
http://odiariodeanabelajb.blogspot.com.br/2012/06/rosas-no-jardim-da-mamae.html

      As palavras do poeta martelavam em sua cabeça... sabia do cair e do levantar também... tantas vezes experimentara o caminho resva...

Postagens mais visitadas