SONHOS E ENCANTOS

SONHOS E ENCANTOS

domingo, dezembro 11, 2011

MAIS LEMBRANÇAS DE MENINA





Deixamos a nossa menina de tranças em frente ao seu primeiro colégio,aquele que seria o seu norte e o seu prumo pelo resto de sua vida..,

Ali conheceria suas primeiras letras(a mãe prestimosa já havia lhe ensinado o básico,em uma cartilha daquelas bem antigas)...mas o livro de sua aprendizagem maior e que marcaria sua vida foi "O Livro de Lili":            
.
NA INTERNET ENCONTREI ALGUMAS LIÇÕES DO LIVRO DE LILI EMBORA INCOMPLETAS: A PRIMEIRA LIÇÃO - Lili! Olhe para mim, eu me chamo Lili, eu comi muito doce, vocês gostam de doce. Vocês gostam de doce de abacaxi?
.
SEGUNDA LIÇÃO - Lili em seu piano. Lili toca piano Lili toca assim dó, ré, mi, fá... Suzete é a cachorrinha. Suzete ouve Lili tocar. “Toca Lili, toca dó ré mi, fá.
.
TERCEIRA LIÇÃO- Olhem a cozinheira! A cozinheira é a Lili. Lili gosta de doce. Ela faz doce de abacaxi. - Joãozinho você quer doce? Você gosta de doce de abacaxi?
.
OUTRA LIÇÃO - Eu me chamo Joãzinho.Este automóvel é meu. Meu automóvel faz assim: fon-fon! Totó passeia comigo. Totó É o meu cahorrinho Você quer passear no meu automóvel, Lili?
.
E MAIS - Tinha lição das meias de Lili tão bonitas! As bonecas de Lili: Lalá, Bebê, Clarinha. 
 . Os amiguinhos de Lili eram o canarinho Lu ,a gatinha Pintada o gatinho Ron-ron. A cachorrinha Suzete, a patinha Tetéia ( onde Lili vai a patinha Téteia vai atras) . Joaõzinho também tinha seus amiguinhos: Totó, o cahorrinho ,O papagaio Dudu, a vaquinha Rosada,o burrinho Mimoso, o galinho Cocoricó e o pintinho Xexéu.
.

LILI É UMA PESSOA PRENDADA: SABE COZINHAR, COZER A MEIA RASGADA, TOCA PIANO, CUIDA DE TETÉIA, SUZETE E SUAS BONEQUINHAS E É AMIGA DE JOÃOZINHO. SEGUNDO SILVA E TEIXEIRA AUTORES DO ARTIGO "ALFABETIZAÇÃO NO BRASIL E QUESTÕES DE GÊNERO", O CONTEÚDO GRÁFICO DAS CARTILHAS (LIVRO DE LILI) REFORÇA UMA "FAMÍLIA IDEAL", COM PADRÃO DE VIDA TAMBÉM IDEALIZADO NÃO ACESSÍVEL A TODOS NAQUELA ÉPOCA


CONFORME PESQUISA FEITA NA INTERNET A CARTILHA, LIVRO DE LILI, ATRAVESSA TODO O PERÍODO DO ESTADO NOVO (REGIME POLÍTICO CENTRALIZADO E AUTORITÁRIO FUNDADO POR GETÚLIO VARGAS (1937-1945). NO INÍCIO DESTE PERÍODO FOI UTILIZADO COMO TESTE SENDO SUA PRIMEIRA EDIÇÃO EM 1940 E AS SEGUINTES EM 1958, 1961 E 1964.

SEUS CONTOS E HISTORIETAS RETRATAM UMA IDEOLOGIA PATRIARCAL ENFATIZANDO O PAPEL DA MULHER COMO DOMÉSTICA, MÃE, QUANDO MOSTRA A LILI COMO COZINHEIRA E ZELOSA COM SUAS BONEQUINHAS, COM A PATINHA TETÉIA , COM A CACHORRINHA SUZETE E SEU AMIGO JOÃOZINHO.
NESTE LIVRO/CARTILHA, QUE TEM LIÇÕES REPETIDAS E ILUSTRADAS NOTA-SE A CONSTRUÇÃO DE "ESTILOS DE SER" E "ESTAR NA SOCIEDADE", AMBOS OS SEXOS SÃO OBJETIVADOS PELO DESEJO DE INTERAÇÃO E CONVIVÊNCIA.
.
A ALFABETIZAÇÃO PELO MÉTODO GLOBAL - LIVRO DE LILI - SEM O ENSINO DO ALFABETO ANTERIORMENTE FOI CRITICADO EM VIRTUDE DE NECESSITAR MAIS QUE OS OUTROS MÉTODOS DO AUXÍLIO DA FAMÍLIA PRINCIPALMENTE NA MEMORIZAÇÃO DOS TEXTOS. OS ALUNOS DAS CLASSES POPULARES ERAM OS MAIS PREJUDICADOS COM ESTE MÉTODO.
    E a menina sonhava com o mundo de sonhos da Lili e fugia de sua realidade,da saudade da vovó,do vovô tão amigo,dos tios e da tia,linda,com seus vestidos de seda e seus belos cabelos negros e brilhantes.
   Mas havia os cheiros:o da pasta nova,de couro marron,com um aroma que a encantava,da merendeira(cheirinho de biscoitinho)do sapato preto de verniz.
    A professora não era freira e seu nome era 
Lucília Barros Cobra,um anjo,paciente,carinho
sa e linda.Tratava as alunas como se filhas fossem.
    As primeiras amigas foram surgindo,mas a preferida era Déa Marcia Beraldo Simões,cuja mãe a encantava:tocava piano,usava belos vestidos de seda pura e sapatos de salto altíssimo...seus cabelos lembravam o da Rita Hayworth,a famosa Gilda do filme do mesmo nome.Moravam na casa ao lado e lá ela passava deliciosos momentos.Em uma destas vezes,levou a irmãzinha...sua amiga estava subindo em uma escada dobrável enorme,a escada se fechou e caiu sobre ela e a irmã,de apenas dois anos.Foi uma tragédia,a irmã desmaiou e teve que ser levada para o hospital...como ela sofreu com o sentimento de culpa e com as reprimendas da mãe e da avó que a culpavam pelo acontecido.Graças a Deus a irmãzinha não sofreu nada de maior gravidade,mas ela sim,uma revolta pela injustiça da qual estava sendo vítima e pediu ao pai que a mandasse de volta para a casa dos avós onde sempre fora feliz.
   Mas o tempo se encarrega de vencer estas tristezas e ela era,acima de tudo,uma menina alegre e extrovertida...as mágoas não conseguiam fazer ninho em sua cabecinha.
   E havia as noites de brincadeiras,de pique,de policia e ladrão,o passar anel,as rodas(  a Margarida,Ciranda Cirandinha,Fui no Itororó,Fui à Espanha)Amarelinha,Estátua e muitas outras que fizeram de suas noites o sonho e a magia,o encanto e a poesia...
    Estudou durante três anos no mesmo colégio e gostava de ler, escrever,de cantar, e de todas as freirinhas,principalmente de Madre Oliveira,meiga e doce(mais tarde quando viu a Noviça Rebelde,ela lhe veio à lembrança).
     No final da terceira série,a notícia que a abalou e novamente a machucou:seu pai fora transferido e teriam que se mudar para outra cidade,na zona da Mata...Ponte Nova,era o nome da cidade.Outra vez o trem da vida a levá-la para outras paragens,outra vez as despedidas e a tristeza de deixar para traz afetos e amizades...e começar tudo de novo.

.
Aguardem...eu vou,mas volto...

       Leninha

21 comentários:

Ma Ferreira disse...

Oi Leninha..volta mesmo..
eu voltei..

Muito gotosos ler este teu texto...
Me remeteu a minha infancia..

beijinho...semana de paz..

Obrigada pelo carinho se sempre,,

manuela barroso disse...

Ah...volta sim, que tá bom demais!!
Olha o Livro da Lili foi substituído pelo da barbie...e as irmãs meigase maternais foram todas para aí! Ai Leninha que sortuda! Ah...também eu tinha sapatos de veniz...e de Verão tinham que ser brancos com uns soquetes...E quando calçaria as meias de "vidro"? Pensave eu...
Lindo Leninha...conta mais...
Ah...a bolacha oreo é de cacau e recheada. Vê na net. Tenho várias receitas com bolacha oreo. Este nunca tinha feito, mas como era um bolo simples, lembrei-me personalizar a receita. Se fores ver os meus bolos anteriores, este não é repetido.
Diz algo depois
bjiiiiiiiiii

Toninhobira disse...

Belas lembranças minha amiga e assim viajo um pouco para esta Minas tão Gerais.
Recordar é viver.
Um abraço carinhoso.
Bela semana a voce.
Bju.

ONG ALERTA disse...

Tudo muda...beijo Lisette.

✿ chica disse...

Viajar contigo nas tuas lembranças está sendo lindo! Volta e adorei a Lili...beijos,já em casa,chica e ótima semana!

Majoli disse...

Que delícia Leninha querida, viajar contigo é bom por demais da conta.
Vá, mas volte loguinho, quero mais e mais.
Beijos enormes no teu coração, amiga querida.

Ivana disse...

Você escreve docemente, Leninha, e você é muito querida, então não se demore para voltar. Teve uma infância feliz, pois a delicadeza do seu olhar via beleza em tudo que passava, mas principalmente em cada pessoa que fez parte da sua vida. Tenha uma semana abençoada, bjs

Leninha disse...

Leninha



Desculpa os meus atrasos em ver todo o correio. E este, Amiga, não tem perdão. Foi mesmo falta de delicadeza.



O teu texto é magnífico e pleno de merecimentos.

Revejo-me nalguns pormenores e sinto (sentia) que aos 30, era eterno; agora sou Condor (com dor aqui, com dor ali, etc) com um problemazinho que me faz lembrar não apenas a idade, mas cada momento.

E, como a Vida deve ser vivida por cada momento, eu persisto em ser teimoso. Ou não será e eu começo a ser comodista e meio mentiroso para beneficiar das atenções?

Fico-te imensamente grato por haveres confiado e partilhado esta tua Aura e a Homenagem justa que recebeste.



Renovos os meus Votos de um Feliz Natal… sempre.



Beijos

SOL

Evanir disse...

Como é bom ter vc comigo. Quero neste momento te agradecer por ter tirado um tempinho e passado na minha Viagem.
Seu carinho faz do dia de hoje menos triste.
Não se esqueça que ... Estou seguindo-te e te amando ...
Desejo de todo coração uma semana abençoada.
Que seus sonhos sejam realizadas para completar sua felicidade.
Uma paz infita para sua vida.
Beijos de paz e luz.
Evanir.
Estou deixando endereço do blog de trabalho da minha filha para
você seguir e comentar .
Ela estava afastada por motivos de saúde
agora foi abençoada para voltar.
Conto contigo.
Beijos e beijos.

Leonice disse...

Ah!! Como foi bom ler esse texto.
Volte mesmo!!
Um grande abraço e muita paz!

Calu disse...

Leninha,
vc está nos dando a passagem para embarcarmos neste trem contigo.Desde as duas paradas anteriores que revisito meu colégio, minhas amigas, a casa onde morava...enfim, um volta deliciosa a este tempo que vc tão bem descreve.
Bjos, querida,
Calu

Gaivotadourada22 disse...

Adorei Leninha... Saiba que estarei esperando pela "volta", para continuar essa vigem que faz tanto bem ao coração... E você escreve tão lindamente que podemos sim visualizar cada cena relatada!

LUCONI disse...

Leninha que delicia de conto menina, eu estudei na Cartilha da Lili, pode? e você achou e postou aqui no seu conto, nossa adorei, volto sim, Ah menina ia me esquecendo que hoje dia 13 é seu niver, e eu quero te desejar muita alegria, que esta menina linda que existe dentro de você ressurja, e que haja muito bolo e guaraná, bexigas e amor com muita paz, beijos Luconi

✿ chica disse...

Voltei também!

Vim aqui desejar FELICIDADES e parabéns pelo niver!!!

beijos,chica

Anne Lieri disse...

Leninha,doces lembranças de infancia: a primeira cartilha, a primeira amiga...ficou lindo e emocionante seu texto!Passei tb para desejar muitas felicidades, saude e paz pelo seu niver!Desejo que seus sonhos se realizem,amiga!Bjs e meu carinho!

Ilca Santos disse...

Leninha,
Quem bom estar aqui hoje e poder te parabenizar por esse dia tão especial... Feliz aniversário, minha querida!!! Que sua vida seja plena de saúde, amor e muita paz!
Adorei seu texto, que belas lembranças vc tem, lindo amiga!... é sempre um grande prazer te ler.
Obrigada pela sua presença sempre tão carinhosa em meu blog. Fico muito feliz com sua visita. Sempre respondo os comentários lindos que vc me deixa, quando puder, passe por lá.
Um beijo muito carinhoso e um abraço apertado pra você!

mfc disse...

Passear nas nossas memórias é como folhear um álbum de fotografias!
Está tudo lá...!

manuela barroso disse...

Minha querida Leninha!
Tchim...tchim...!
Aqui é dia 14! Mas aí é dia 13!
E...fogo de artifício para ti minha querida amiga, neste dia de teu aniversário.
Um carinho para ti nas Refexoesfloridas!
Muitos, tantos parabéns e imensas felicidades para ti!
Um abraço enorme!

Liz - Como as Cerejas da Minha Janela... disse...

Ah, não acredito que voce não avisou...! que peninha!!! poderia te ter preparado uma linda homenagem...se a Manuela não tivesse passado agora no meu blog (23:10) e me avisado, passaria em branco. Não sei como elas descobriram que era seu aniversário...

Mas, te desejo de todo coração um FELIZ ANIVERSÁRIO!!!!! que voce seja agraciada pelo Universo Onipotente em muita Sabedoria e Amor, pois com essas duas dádivas conseguimos chegar longe nesta caminhada linda que é a vida! voce merece, Leninha! é um dos seres humanos mais bonitos que encontrei pela blogosfera!!!!...meu carinho e amor por voce só crescem a cada dia, a medida que mais descubro o valoroso ser humano que voce é...
Voce é muita linda e possui uma alma belíssima!

Me sinto honrada em fazer parte do seu rol de amizades!!
Obrigada, amiga querida, pelo seu carinho sempre...
Que toda a felicidade do mundo pouse sobre o seu telhado, trazendo com ela uma revoada de lindos pássaros e lindas borboletas...que representam aqui na terra a beleza e a essência do Universo Sagrado...

Beijos no seu lindo coração, amiga mais que querida!!!

FELIZ ANIVERSÁRIO!!!!!!!!!!!!!!

Maria Luiza disse...

Leninha
Que maravilha de história!
Acompanhá-la está sendo bom demais!
Vá e volte para nos contar um pouco mais.

Parabéns, Feliz Aniversário!
Muita saúde, paz e felicidades!

Um grande abraço

Luma Rosa disse...

A minha mãe também estudou no Santa Dorotéia. Fiquei curiosa em saber a sua idade. Quem sabe foi colega dela?

Memórias de uma senhorinha Voltando para casa Enquanto o carro percorria a estrada, pneus rolando no saibro com o barulho caracterís...

Postagens mais visitadas