SONHOS E ENCANTOS

SONHOS E ENCANTOS

terça-feira, dezembro 09, 2014

Guimarães Rosa

"Vem de longe, vem no escuro, brota que nem mato que dispensa cuidado e cresce com a mais remota chuva. Vem de dentro e fundo e com urgência. Amor vem de amor. Que não cabe, mas assim mesmo a gente guarda. A gente empurra, dobra, faz força deixa amassado num canto, no peito, no escuro, dentro, ou larga pegando sereno. Amor vem de amor. Vem do pedaço mais feio, do mais sem palavra, do triste, vem de mãos estendidas. É tecido desfeito pelo tempo, amarelecido pelo tempo, pelo cheiro da gaveta fechada, pelo riscado do sol na madeira. Amor vem de amor. Vem de coisa que arrebata, vira chão, terra, cisco, resto, rastro, coisa para sempre varrida. É delicadeza viva forte violenta. Que faz doer, partir, deixar caído. Amor vem de amor. E dói bonito."

(Guimarães Rosa)

 

3 comentários:

✿ chica disse...

Muito lindo,Leninha! Gosto muito dele! Escolha linda! bjs, bom te ver aqui! chica

Dalva Rodrigues disse...

Ah o amor e suas controvérsias...
Lindo!
Grande abraço!

manuela barroso disse...

Sabes, Leninha?
Senti um arrepio com a força das palavras deste texto de G. Rosa. Vem de dentro, com força, leva tudo.
E a mim!
Continua. Gosto tanto das tuas escolhas!
Aquele abraço, minha querida!

      As palavras do poeta martelavam em sua cabeça... sabia do cair e do levantar também... tantas vezes experimentara o caminho resva...

Postagens mais visitadas