SONHOS E ENCANTOS

SONHOS E ENCANTOS

sábado, maio 27, 2017

Memórias de uma senhorinha


        Amanhece cedo no interior...os pássaros cantam, as galinhas e os galos cacarejam ,os ruídos das patas dos cavalos ecoam na rua vazia e os cachorros começam as conversas com os dos quintais vizinhos.O aroma do café e das quitandas assando no forno de barro aguçam os sentidos e atraem a nossa senhorinha para a cozinha.A madrugadora Drinha já está na beira do fogão à lenha conversando animadamente com Dona Elzi. Riem muito de seu ar estremunhado e de sua cara de sono...na cidade grande ,ela que sempre acordara cedo na fazenda,adquirira o hábito de levantar mais tarde,daí a sua sonolência.

         A mesa com a toalha impecavelmente branca ,as xícaras e os talheres, o leite que o leiteiro entregara nas primeiras horas da manhã e borbulhava ainda em um caldeirão de ferro sobre a trempe do fogão e as quitandas ou "misturas" como se dizia por lá, tudo isto e ainda o café recém moído e coado a faziam voltar no tempo trazendo um aperto ao coração e a lembrança da alegre e ruidosa presença dos filhos ao redor da mesa na fazenda...mas não queria deixar a tristeza se aninhar em seus cabelos...as férias não demorariam a chegar e com elas os filhos, a mãe e os irmãos.Então o melhor a fazer era procurar uma casa e para isto mister se faz ,em primeiro lugar,conhecer a cidade.Vamos acompanhá-la, meus amigos?

Calças jeans, camiseta confortável e um par de tênis bem surrados e está pronta a nossa senhorinha para empreender esta caminhada que exigia um bom preparo físico...ladeiras as esperavam porém eram jovens e acostumadas às subidas e descidas dos pastos na fazenda.
          A cidade era pequenina( o vídeo que postei é mais atual ,nada parecido com o que existia na época).
         Voltemos à nossas amiguinhas e às descobertas das belezas do local...a laje as encantou e a visão que se descortinava as deslumbrou.Era um local de sonhos nunca antes visto por elas...criar raízes aí deveria ser o seu objetivo ,a sua meta,o seu norte.Conseguiriam? Só o tempo ,o Senhor da Razão poderia dizer...

          Uma pausa se faz necessária...até outro dia. Aguardem. Voltarei,com certeza.





9 comentários:

Beatriz Bragança disse...

Boa tarde, Leninha
Mas que surpresa boa! Voltou!
Encantei-me coma cidade,rodeada de verde por todos os lados.
Espero que encontrem uma bela casa.
Um beijinho
Beatriz

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

O teu regresso é a renovação no tempo. Uma Cidade prendada com a tua presença, é, seguramente, a ocupação num ninho de andorinha que sempre espera um regresso.


Beijo
SOL

manuela barroso disse...

E cada vez com mais pertinácia , aguçando o apetite para nova viagens de memórias . E gosto da tua forma pormenorizada de descrever esses atalhos todos onde nos levas com calma na charrete da tua alma e eu com a pressa de chegar ao fim do percurso . Mas há sei que tenho muito que esperar . Mas espero porque seguir viagem contigo é galopar entre o verde da tua alegria .
Meu beijinho Leninha querida 😘

Dalva Rodrigues disse...

A cidade continua um encanto apesar das modernidades, dá até para sentir o cheirinho de ar fresco, de relva molhada...
Beijos!

Anônimo disse...

Esta cidade é mesmo muito linda! Como são lindas e preciosas as suas palavras, minha querida! Um beijo carinhoso! Leninha

Anônimo disse...

E é com imenso prazer que conduzo em minha charrete da alma tão querida pessoa. E a minha alegria então se completa ao ler teus sentimentos e tuas palavras. Obrigada, minha flor!Leninha

Anônimo disse...

Bom demais saber que minha narrativa te levou até lá. Muito obrigada, minha linda!
Leninha

Anônimo disse...

E você, meu querido, um poeta que tanto admiro, me honra com suas palavras e seu carinho! Muito obrigada!
Leninha

Anônimo disse...

Muito obrigada, minha querida! E é mesmo muito bom saber que minha narrativa te levou até lá! Um beijo carinhoso!

Memórias  de uma senhorinha “ Segue o teu destino, rega as tuas plantas, ama as tuas rosas. O resto é sombra de árvores alheias.” Fer...

Postagens mais visitadas