Instagram

Seguidores

segunda-feira, junho 04, 2012

Minhas Memórias de Menina

 Último ano no Colégio

Aproxima-se a formatura e todas as alunas estão mergulhadas nos preparativos:convites,festa,baile,roupas e as temidas Provas Finais!!!Orais e escritas,eram o "bicho papão"de todas as meninas, que tremiam ao pensar nas mesmas.Teriam que se submeter à uma banca examinadora severíssima,formada por freiras e professores de outras instituições de ensino da cidade.Havia também os Fiscais que avaliariam a todas.
Nossa menina moça estava bem preparada,era estudiosa(não em exagero)e sentia que possuia "base"para passar...mas mesmo assim não deixava de se preocupar com algo por todos comentado como um verdadeiro filtro,onde só passavam as melhores.
E chegou o tão temido dia e todas se posicionaram na sala 
de aula à espera da chamada.O exame era feito em sala separada e, uma a uma, eram chamadas.Ela seria a nona,já que era por ordem alfabética.
Sua dissertação : "Um Olhar Sobre o Ensino das Primeiras Letras",tremia em suas mãos.
Haveria também o sorteio de um "ponto"a ser arguido por um dos examinadores.E deveria falar o que soubesse acerca de determinado assunto para depois ser bombardeada pelas perguntas de todos.Sentia-se na Inquisição,tal o estado de pavor visto na fisionomia de todas ao sairem da malfadada sala.

      Quando,enfim,foi chamada sentiu uma calma tão grande...parecia que nem era ela a responder...as palavras brotavam-lhe com facilidade e soube responder a todas as questões formuladas.O ''Ponto''sorteado era o mais sabido por ela.E à cada pergunta respondia com segurança e tranquilidade...terminou e soube o resultado depois do recreio.
        Havia passado!!!E com a nota máxima!!!A alegria foi enorme e imediatamente correu para casa,a mãe já deveria estar aflita,precisava tranquilizá-la.E em casa outra alegria:o pai já havia comprado o seu anel e só estava aguardando a sua chegada para mostrá-lo.(O anel era o sonho dourado daquelas meninas da década de cinquenta.Não havia as facilidades de hoje e ter um anel era uma glória)

MURIAÉ TÊNIS CLUBE
         Agora,eram outras as preocupações:os preparativos para a festa.Idas à costureira,à gráfica(para imprimir os convites),ao clube(para combinar os detalhes do baile),às lojas,às reuniões com as colegas e tudo mais que fosse necessário para que tudo corresse às mil maravilhas. 
        Os convites ficaram lindos,a gráfica caprichou,o clube faria um lindo baile,os tecidos já na costureira e agora era só aguardar o Dia D de suas vidas.

Era de grande importância a formatura no Curso Normal,naquela época.Dificilmente fariam uma faculdade,pois na cidade ainda não as havia.Os pais,em sua grande maioria,não permitiam que as filhas fossem estudar fora.Havia algumas exceções,como no caso de Lucina Passos,que foi para Belo Horizonte cursar a Faculdade de Letras e depois de formada lecionou em BH e no Rio de Janeiro,tornando-se mais tarde escritora de literatura infantil de grande renome.Mas este não era o caso de nossa menina,já predisposta a se casar tão logo se formasse.

Mas esta já é uma nova história...eu vou,mas semana que vem voltarei.
Bjs

35 comentários:

ValeriaC disse...

Que tempo lindo minha querida, fico feliz por você o ter tão bem vivido...estou aguardando a continuação hein?
Boa semana, beijinhos,
Valéria

manuela barroso disse...

E depois de um exame, viria outro não menos importante. O baile onde a juventude começava a chamar para outros apelos da vida.
Como sempre querida Leninha, uma história cheia de encantos!
Terno abraço

Mari Rehermann disse...

Ai Leninha...até me emocionei!
Até parece que passei por isso!
Tudo tão lindo, tão emocionante...
Adorei!!

Tenha uma semana iluminada!
Beijinhos!♥

Evanir disse...

Uma amiga muito especial
hoje marca a postagem do meu blog.
Um ser divino que em pouco tempo conquistou corações nesse mundo virtual.
O meu foi quase um dos primeiros a ficar apaixonado pelo carisma ,
e grandeza de seu coração.
Convido você a deixar seu carinho e fazer parte dessa preciosa amizade.
Espero em Deus ter saúde o suficiente para conhece-la pessoalmete
em 2012.
Vou ficar agradecida com sua doce presença.
Uma linda e abençoada semana.
Beijos ternos e carinhosos.
Evanir.

✿ chica disse...

Que beleza te acompanhar nessas doces lembranças de tua juventude...E o frio na barriga nas dissertações, tantas coisas...
Lindo,Leninha!! beijos,tudo de bom,chica

lis disse...

Oi Leninha
Esses são os melhores momentos - a hora de encarar as últimas provas ,a ansiedade do resultado, o alívio quando recebemos o boletim , a expectativa da festa, a coroação de uma fase maravilhosa!
Todas vivemos isso,com mais ou menos emoções mas já vivemos! e ao ler volta como um filmezinho sem esquecer nada.
Muito bonito sua escrita Leninha
Obrigada por trazer de volta essas boas lembranças.
Uma boa semana minha flor.
com abraços

JAN disse...

Olá Leninha
"já predisposta a se casar tão logo se formasse."

Até aí ta 'que nem eu';-)
Quero ver o final desse 'causo', menina.

Abração
Jan

Majoli disse...

Leninha querida, duas irmãs minhas fizeram o Curso Normal, e ao te ler fiquei pensando nelas.
Mas é claro que também me veio à memória a minha formatura do segundo grau, momento único e inesquecível.
Te ler, é viajar no tempo deliciosamente.
Tão gostoso você dividir com a gente, é um presente, viu amiga?

Beijos cheios de carinho no teu coração.

Kunti/Elza Ghetti Zerbatto disse...

Muito bom viajar contigo em suas memórias Leninha!
Adorei!
uma ótima semana para ti.
abração com carinho

R. R. Barcellos disse...

Recordações e saudades,
Lembranças, doces memórias...
Gotas de felicidades
Que contam tuas histórias!


Você, minha amiga, tem o dom de "contar". É um prazer te ler. Abraços.

elvira carvalho disse...

Mais um excelente trecho de uma história de sonho que nunca vivi e que até desconhecia que houvesse. Nesses tempos eu vivia num lugarejo tão pequeno que mais parecia uma aldeia. Tudo gente muito pobre, grande parte não ia à escola e os que iam ficavam-se pela quarta classe.
Um abraço e eu também volto apa acompanhar as suas memórias

Anne Lieri disse...

Leninha,cada dia sua história fica mais interessante!Momentos dificeis,mas de grande alegria tb!Bjs e boa semana!

mfc disse...

O tempo dos exames era uma altura de um stress imenso!
Mas eram para fazer... e faziam-se!
Beijinhos, Leninha!

Ivani disse...

olá querida, quanta lembranca linda!lembro-me das provas orais.
eram um verdadeiro martirio quando estavamos nas vésperas.
só se falava naquilo, nem dormir direito a gente conseguia.
mas que época boa, em Leninha?
dizem que a gente é saudosista, mas como nao ser?
hoje nao há mais essa emocao, essa alegria de vencer!
ou há e a gente é que nao participa? sei lá...
a nossa menina viveu intensamente essa época, e hoje nos brinda com esses relatos deliciosos.
Os bailes de formatura eram mágicos. Voce vai falar do seu, náo é?
adorei tudo amiga, e estou aqui na torcida pela continuacao. Um grande e carinhoso beijo para voce.

SOL da Esteva disse...

Parabéns (retardados em muitos anos) pelo teu Exame, com nota máxima.
Depois, outros exames ficaram na calha a prometer outros caminhos para a Menina.
Tento adivinhar qual o rumo do próximo episódio; mas será a primeira aula, não?
Fica a expectativa.
Delicioso.

Beijos

SOL

Liz - Como as Cerejas da Minha Janela... disse...

Que delícia acompanhar de alguma forma um pouco de sua vida. Escreve com uma leveza, delícia te ler.
No aguardo de novas emoções - risos

Beijos, amiga querida!!

Calu disse...

Leninha,
vc me faz reviver minhas lembranças em tua narrativa deste tempo de normalista.Apesar das responsabilidades dos estudos, os sonhos tinham lugar cativo em nossos pensamentos, mesmo nos idos 70.
Bjkas,
Calu

Veronica Kraemer disse...

Leninha querida, quanto mais eu leio, mais quero ler!
Que textos maravilhosos, minha amiga, obrigada!
Volte rapidinho, tá? rs
Te desejo um feriado abençoado, e agradeço por seu carinho no blog, que tanto bem me faz.
Bjos
Vero

Sissym disse...

Querida Leninha, eu sinto saudades de todos os anos de escola. E, certamente, o ultimo foi o mais saudoso, pq ficou fazendo parte de um passado que nunca mais voltei, mas totalmente enriquecedor de meu presente e futuro.

Magnifico seu texto. Ele me fez voltar docemente ao tempo.

BEIJOS

Aleatoriamente disse...

Olá vó.
Sabe vozinha,te ler.As histórias são lindas, e parece que eu me transporto para lá em cada detalhe.
Como amei esse texto.

Beijão preciosa

✿ chica disse...

Tá muito chique essa minha amiga! Ficou linda a assinatura! Parabéns, valeu o esforço,né??beijos,tudo de bom,chica

CLEMENTE GERMANO MULLER disse...

Oi Leninha, querida amiga. Boa noite. Lendo tuas memórias voltei ao tempo em que também estudava, só que os exames finais não eram assim tão rígidos, afinal os tempos eram outros. Ah o baile de formatura... obrigado pela tua sempre amável visita em meu diário. Beijos, fique com DEUS. Tenha um excelente final de semana.

CLEMENTE GERMANO MULLER disse...

Oi Leninha, querida amiga. Boa noite. Lendo tuas memórias voltei ao tempo em que também estudava, só que os exames finais não eram assim tão rígidos, afinal os tempos eram outros. Ah o baile de formatura... obrigado pela tua sempre amável visita em meu diário. Beijos, fique com DEUS. Tenha um excelente final de semana.

Patricia Galis disse...

Adorei o post deu uma saudade da minha época de escola tbm.

Anne Lieri disse...

Obrigada Leninha pelo seu carinho com a Marcia!Bjs,

Renata Guidinha disse...

Minha querida Leninha!
Demorei a chegar, pois não queria ler sua postagem de qualquer maneira. Passamos por algumas complicações e o corpo respondeu... Caí de cama (ainda estou tipo mormaço, mas vejo que começo a melhorar)e só agora me animei pra ler com atenção alguns blogs que tanto gosto.
Cheguei a ficar aflita ao relembrar as bancas de provas finais...Aquilo era tortura. Mas fiquei vizualizando vc, respondendo com tranquilidade e ainda se lembrando do tema da redação. Aquela época a conclusão do curso normal sacudia o imaginário social. Para as formandas o sonho do que viria e para os rapazes o desafio e orgulho de conquistá-las.
Sua postagem retrata de maneira fantástica o cenário da época e imagino o quanto deve estar sendo gratificante poder registrar essa sua viagem que está fazendo em sua própria vida. Maravilha!
Está sendo ótimo embarcar nesse trem com vc.
Bjks

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Querida Leninha, mineiramiga, é demais da conta... é fantástico!
Lí, encantada, os dois últimos capítulos.No anterior, adorei principalmente os bordados, com rentas. Lembrei-me que, para meu casamento (que foi eu já balzaqueana), ganhei da minha outra amiga mineira, (Ephigênia, de Juiz de Fora)um conjunto de lençóis brancos, bordados, que fora de seu enxoval (noivado acabado e não mais se casou). É de tão boa qualidade, que ainda tenho...
Nesta postagem, vejo minha vida, nos exames finais para "sair" professora e mais com anel (usei pouco, o meu). Quando empenho jóias, ele vale quanto pesa: muito ouro rsrs....A D O R E I !!!!!!!

XÊROS, bem cearenses, da amiga,
Lúcia

Anônimo disse...

Impossível deixar o tempo no seu tempo, se quisermos que esse tempo seja o passado. Quer queiramos quer não, o passado persegue-nos. Quer seja em suaves recordações, quer seja em doridas memórias. E se pararmos, e olharmos para trás em jeito de nostálgico balanço, vemos pegadas na areia cada uma delas representa um acto das nossas vidas.
São mil fantasmas que o tempo suaviza ou torna agrestes. Com eles temos que aprender a lidar e a conviver.
Nos meus momentos de pasmo e solidão, muitas vezes, dou comigo a pensar na estranha a condição humana... quando estamos fragilizados até as boas recordações (principalmente estas...) nos fazem sofrer.
Minha Amiga, o passado está lá, no seu sítio. Não se pode modificar. mas podemos tirar proveitosas lições para o presente, que a cada instante se transforma em passado.

Zilani Célia disse...

OI LENINHA!
O PASSADO DE CADA UM DE NÓS É NOSSA HISTÓRIA E LEMBRARMOS DELA É REVIVER.
LEGAIS, TUAS LEMBRANÇAS.
ABRÇS

zilanicelia.blogspot.com.br/
Click AQUI

BlueShell disse...

Outros tempos...outras vontades!
Muito bom...
Fiz uma viagem à minha infância...algo diferente, confesso.
Bj

Evanir disse...

Anjo!!! O bom de sermos amigos é que não importa como somos , o que fazemos ou onde estamos;
O que importa mesmo é sabermos que somos amigos e que a nossa conexão é mantida pelo pulsar do nosso coração !!
Uma linda noite dos namorados muito amor no coração.
Obrigada pelo carinho pela presença constante
no meu blog minha linda amizade.
Beijos saudades receba meu carinho.
Evanir..Tem presente na postagem ..

Majoli disse...

Leninha querida, passando pra deixar beijos de uma noite de muita paz.

Helena Chiarello disse...

Sabe que me deu um friozinho na barriga ao lembrar das "provas orais"... afff... Eu peguei um pedacinho disso.. rsrs (acho que fui "examinada" assim duas vezes, e apesar de me dar bem, quase morri nas duas! kkk)

Que bom ler você!

Beijo grandão!

Severa Cabral(escritora) disse...

Aiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!!
lindo !
Viajar nesta historia de vida me dá vida para continuar ...
bjsssssssssssss

Anônimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ acheter cialis
http://commandercialisfer.lo.gs/ acheter cialis france
http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis generico